POETA AMADOR: CONFISSÃO DE UM INSENSATO!


Odeio Teologia! Não quero nem saber!
Odeio discussões sobre soberania; odeio que falem da liberdade delirante.
Quero ser livre para ser estouvado! Quero ser livre para ser raso!
Quero ser livre, longe da certeza! Quero ser livre para a mente ser tesa!
Livre da Lei, livre da consciência, livre do saber, livre da reflexão,
Livre da Teologia, livre do saber. Afinal, para que Teologia?
Prefiro o humanismo aloucado da teopraxia que nada responde;
Prefiro a verborragia dos clichês, da superficialidade daquilo que não sei;
Prefiro criticar por criticar pela defesa desatinada;
Prefiro o acho profundo a achar profundidade; quero criticar repleto de ingenuidade;
Somente criticar na crise da incautice do “nada sei e nem quero saber”!
Nada melhor do que ser inoculado pelo liberalismo;
Que injeta sem dor, sem sentido, sem nada;
Confissão do nada; fé de nada que muito exala o manhoso aroma,
Transformando minha confissão na confecção mesquinha.
Pois o que quero é encharcar a minha fé nas águas salobras de uma lagoinha;
Quero ser novo, quero ser neo, quero ser fogo!
Sentir o gosto das chamas que me enganam por que gosto.
Fogo que queima a lucidez, fogo que queima o saber, fogo que queima a Lei.
É por isso que eu odeio Teologia! E por que odeio tanto?
Odeio Teologia se tenho que ponderar; odeio Teologia se tenho que ler;
Odeio Teologia se tenho que examinar; odeio Teologia se tenho que escrever;
Odeio Teologia se tenho que lutar; odeio Teologia se tenho que amadurecer;
Odeio Teologia se tenho que pensar! Odeio Teologia se inteligente me tornar!
Odeio Teologia, quero ser insensato! Odeio Teologia, quero ser raso!
Odeio Teologia! Não quero nem saber!
 Posted by Picasa

7 comentários:

Êmili disse...

Oba! Fui premiada... vou poder ser a 1ª a comentar essa poesia do Duda... (tá fraco o negócio por aqui, heim! :-P).
Que sua visão crítica continue servindo para os propósitos do nosso Deus. Que Ele continue usando-o com todos os seus defeitos, traços de personalidade, qualidades... pro nosso crescimento na Palavra. Que possamos ser cheios dela e entender realmente os propósitos de Deus como vc quis dizer... "com profundidade", com propriedade.
Quanto as suas poesias... um tanto quanto pessimistas... mas eu entendo. Espero que façam mt gente "acordar".
Abração pro meu pastor "pop"!

yolanda disse...

Alô ô ô ô! Mas para que tanto ódio? Se de tudo um pouco faz bem a muitos egos? Egos intelectuais, egos fúteis, egos vazios, enfim. Até que um jumentinho, que pertence a mesma família dos burros, serviu para carregar Jesus Cristo. Então os incautos e ignorantes servem para muita coisa, pensando o quê! Contudo gostei do desabafo daquele que passa a msg tanto quanto dos que respondem. A poesia não é só desabafo, faz parte do estado de espírito do poeta, abs.

Simone Quaresma disse...

O duro é que as pessoas que "pensam" assim, nem sabem que pensam... É duro ver pessoas achando que conhecimento de Deus gera frieza, quando é justamente o contrário... Como é lindo entender a teologia e ser levada as lágrimas, por ENTENDER as grandezas de Deus e a nossa miséria! Linda poesia! Abração

Isaias Lobao disse...

Olá. Passei por aqui e vi uma reflexão muito interessante. Gostei de sua poesia. Ela faz a gente pensar, o que é muito bom. Nesses dias de superficialidade, onde as pessoas acreditam que agradam a Deus com sua ignorância, precisamos de reflexões sérias e profundas. Vá em frente, meu irmão, temos que despertar uma igreja letárgica e acomodada. Post Tenebra Lux.

Alfredo F. de Souza disse...

Êmili, Simone e Isaias, obrigado por participarem desta reflexão!

Alfredo F. de Souza disse...

Yolanda, não há ódio nesta poesia. Desabafo, talvez. Também não estou desprezando os limitados, apenas refletindo sobre aqueles que não se interessam por Teologia (Reformada, diga-se de passagem), mas vivem criticando como se os que a estudam estivessem perdendo tempo.

Pb Fernando disse...

É assim mesmo que vive essa geração do oba-oba. Agir pela emoção é melhor que agir pela razão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...